Espaços

19 de ago de 2008

Influência



Muitos tem, alguns sabem, poucos usam da maneira correta...

Sobre o que estou falando? Sobre algo sutil e imperceptível chamado INFLUÊNCIA. As vezes nem sabemos que interferimos na vida de alguém ou que uma pessoa se espelha em nós pra viver, e isso é algo delicado, sério e bíblico.

Quando Paulo fala na carta aos Filipenses 3:17 "Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós." e também nas cartas ao povo de Corinto ele repete "Admoesto-vos, portanto, que sejais meus imitadores" (I Coríntios 4:16) e "Sede meus imitadores assim como eu sou de Cristo" (I Coríntios 11:1), ele nos deixa bem claro que devemos ser exemplo para as pessoas assim como Cristo foi em seu tempo.

Quando pensamos "ninguém me vê", "ninguém vai saber" ou então "não tem ninguém por perto que me conhece e sabe que sou cristão", aí mora o perigo. Devemos dar bom exemplo e bons frutos sempre, mesmo que ninguém nos conheça ou que não tenha ninguém vendo. Os olhos de Deus estão em todo lugar.

As pessoas, principalmente as que não são cristãs e sabem da nossa fé, nos observam constantemente, e estão sempre aguardando um ou outro tropeço. Isso é inevitável, principalmente pra quem está em destaque no seu meio (o chefe crente, a líder de dança, o líder de louvor, a chefe da enfermagem que é crente, todo tipo de liderança ou destaque, dentro ou fora da igreja). Por essa razão devemos sempre ORAR e VIGIAR.

Você influência pessoas a seguirem a Cristo e andarem corretamente ou a seguirem a moda, se espelhar nas coisas da TV, ouvir apenas a maior banda dos últimos tempos, ser como o saci-pererê...?

Temos que ser referência em qualquer lugar, pra qualquer pessoa. O importante é sempre marcar o meio com aquilos que realmente somos: Filhos de Deus, criados para Sua glória!



"Darei testemunho de minha fé sempre e em todos os lugares e, se necessário, usarei palavras"
(Santo Agostinho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me deixe feliz, comente!