Espaços

11 de ago de 2008

Fé sem obras, obras sem fé

"A teologia é o esterco que fica lá debaixo da árvore"

Em novembro de 2007 fui convidada a participar de um congresso de líderes em Belo Horizonte. O congresso foi uma benção, e uma certa pregação me fez tremer. O cara que tava "palestrando" já começou assim : "o que seria da teologia se não existisse a prática do amor?". E em seguida lançou a frase com a qual iniciei esse texto, que foi a que mais me sacudiu: A TEOLOGIA É O ESTERCO QUE FICA DEBAIXO DA ÁRVORE.

O tema não era, específicamente, sobre conduta cristã ou coisa do tipo. O cara tava se referindo à prática da teologia e a importancia do estudo da palavra, mas eu fiquei chocada quando ele abordou esse tema através de uma ótica mais realista, tirando todo o romantismo criado em volta dos teólogos, fazendo um paralelo entre teologia e vida diaria.

Sempre pensei que o cara que sabe muito de teologia também soubesse muito sobre caminhar com Deus. E que aquele líder que estudou 4 anos num seminário, mais 2 numa escola no exterior e já escreveu 10 livros sobre exegese, hermenêutica e homilética, que já leu a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 30 vezes e que manja tudo de versículos e personagens bíblicos também era um cara que estivesse em contato direto com Deus.

Depois de ouvir a AULA (era uma senhora aula, não posso chamar de palestra, pregação ou nada do tipo) que o cara tava dando, me toquei de que não é bem por aí. "A teologia é o esterco que fica lá debaixo da árvore". De nada adianta saber todos os livros de cor e salteado se não se tem uma vida diaria com o Pai.

Realmente a teologia é o esterco. Ela nos ensina como devemos agir, nos portar diante das circuntâncias, o que fazer e o que não fazer, mas se a gente não se prontifica a plantar a sementinha e rega-la todos os dias, de nada serve a teologia senão pra ficar guardada na mente, ao invés do coração.

Já viu o video onde um cidadão fica repetindo "O carpinteiro é Jesus, e as árvores somos 'nozes' " ? É a mais pura verdade. Nós somos a árvore e somos cuidados por Cristo, e como toda planta, temos um fertilizante. No caso do cristão esse fertilizante é a teologia, ou, se preferir, o estudo da palavra de Deus.

Mas não adianta só estudar, temos que guarda-la no coração e segui-la/pratica-la diariamente. "Fé sem obras é morta" Tiago 2:17.

Mas executar a obra de Deus sem ter no coração a sua palavra também não adianta de nada. Como vamos dar testemunho daquilo que não vivemos? Como falar do amor de Cristo e de cura através da intimidade com o Espírito Santo se não vivemos essa realidade? Como confrontar alguém na palavra se não sabemos nem quais são os livros que nela existem? IMPOSSIVEL. Não dá pra falar com autoridade daquilo que não vivemos.

Tudo é uma sincronia perfeita. O esterco fertiliza a terra, a semente é plantada, regada e cuidada, a árvore se forma e dará frutos a seu tempo. Assim é.

"Todo Cristão é um impostor ou um missionário"

Um comentário:

  1. Oi, tem gente de todo jeito, tem até aqueles que só sabem ler se for a bíblia. Conheci um senhor que lia a bíblia com a maior tranquilidade, mas não lia um anúncio de jornal. E como esse moço entendia o que lia!!!...ele não precisava que nenhum "Filipe" lhe desvendasse a Palavra. Sabe porque? Por que ele tinha uma vida de intimidade com Deus que o permitia entender o que estava escrito. Como em Prov. "a intimidade com Deus é para aqueles que o conhecem" É isso ai, continue escrevendo, enquanto isso, de quebra, vc está estudando a Palavra.
    Lembre-se, é o esterco que dá força para crescer, principalmente se colocado junto às raízes.
    Bj

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!