Espaços

3 de jun de 2009

Cuidado


Somos tentados, a todo momento, a julgar o outro, mesmo sabendo que somos feitos do mesmo barro, somos todos farinha do mesmo saco e todos criaturas imperfeitas.

A nossa origem é divina e perfeita, à imagem e semelhança de Deus, assim Ele nos fez, mas o pecado nos separou dessa perfeição. Por isso estamos buscando um alvo de crescimento. Muitas vezes buscamos o alvo errado porque, na nossa vã filosofia e sabedoria, não sabemos nem mesmo escolher nossos pontos de aprimoramento.

Uma coisa é certa: temos que, primeiro, buscar o nosso crescimento, o conhecimento da sabedoria e das verdades de Deus para aí sim podermos identificar os erros ou falhas na vida dos outros. E o bjetivo disso tem que ser exclusivamente para o crescimento dele e não para a satisfação de mais um de nossos defeitos, que é o de criticar e julgar nosso próximo.

Quando estamos numa viagem de avião, recebemos da aeromoça as instruções de vôo. Uma delas é a seguinte:
- Em caso de problemas durante o vôo, as máscaras de oxigênio cairão automaticamente. Você tem que colcoar a sua primeiro, para depois colocar em sua criança.

O que ela está dizendo é que primeiro tenho que me salvar para depois salvar o que está ao meu lado.

Assim também é em nossa vida. Como vamos socorrer alguém se também estamos morrendo? Como vamos ajudar alguém se também estamos debaixo da condenação dos nosso erros?

Mas uma vez salvos, justificados pelo sangue que Jesus derramou na cruz por nós, podemos, pela graça de Deus e cheios do Seu amor, ajudar noso irmão em suas fraquezas e dificuldades.

Se buscarmos conhecer a Deus e ter amizade com Ele, muito mais Ele fará através de nós.



Um comentário:

  1. Olá Ana!
    Mais uma vez você me surpreende com um post.
    Já te acompanho faz algum tempo, e é sempre bom ver o quanto você cresceu.
    Que Deus continue a te usar de forma maravilhosa.

    Abraços

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!