Espaços

23 de jun de 2009

Pra que tudo isso?

"Você viu só? A moça da lanchonete tá com uma cara feia!"
"Meus Deus, não acredito que isso tá acontecendo..."
"Ah... estou esgotada fisicamente. Trabalho... trabalho... trabalho. Sair de casa quando ainda está escuro e chegar em casa quando já escureceu."


Ai, como as pessoas gostam de reclamar. Como EU gosto de reclamar.


No meio de tanta murmuração, reclamação e achança, me apego às poças com problemas e me esqueço dos oceanos de felicidade e bons acontecimentos.

Essa época do ano pra mim é a pior. Muito frio, seco, nada favorável à quem tem asma, como eu. Perdi tanto tempo fazendo drama por causa do horário que tenho levantado para trabalhar que não prestei atenção para o fato de eu não ter tido nenhuma crise asmática nessa estação. Nem sequer uma tosse mais forte durante a noite ou então algum "ataque" alérgico devido a friagem que faz quando saio de casa de manhã.
NADA. Minha saúde está perfeitamente normal.

Mas mesmo assim eu fico reclamando da vida, da morte, do tempo, da falta de tempo, das pessoas...


Ontem "sofri" com uma falha de comunicação que resultou num comentário extremamente desnecessário de uma terceira pessoa. Fiquei observando a situação e pensando: "não é possível que exista gente tão mesquinha/picunhenta." Comecei a reclamar do fato, das pessoas, da circunstância, do bafafá. Já em casa parei pra analisar alguns pontos, coisa que ainda não havia feito. Um deles é que ao invés de me apegar aos maus momentos, eu podia ter gastado todo o meu tempo agradecendo a Deus pelas pessoas que chegaram, e não pelas que se foram. Podia ter agradecido pelas novas amizades, que tem se mostrado presentes e firmes, ao invés de reclamar daqueles que partiram sem adeus. Deveria ter focado os encontros alegres e novos, e não ficar pensando na morte da bezarra.

Analisando tudo isso, cheguei à uma conclusão:
OBRIGADA, SENHOR, POR TUDO QUE TENS FEITO EM MINHA VIDA.
POR CADA FRUSTRAÇÃO, QUE TEM ME FEITO CRESCER;
POR CADA SORRISO, QUE ME DÁ FORÇA PRA CONTINUAR;
POR CADA PESSOA QUE SE FOI, ME FAZENDO PERCEBER O QUANTO ERAM IMPORTANTES;
POR CADA PESSOA QUE CHEGOU, TRAZENDO NOVO FÔLEGO.
OBRIGADA POR EU ESTAR VIVA, TER SAÚDE PARA TRABALHAR.
OBRIGADA POR ME DAR A OPORTUNIDADE DE ACORDAR MAIS CEDO QUE MUITA GENTE E, ASSIM, VIVER MAIS!

"Por tudo o que tens feito / Por tudo que vai fazer / Por tuas promessas e tudo que és / Eu quero te agradecer com todo meu ser / [...] / Te agradeço por me libertar e salvar / Por ter morrido em meu lugar / Te agradeço, Jesus, te agradeço"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me deixe feliz, comente!