Espaços

26 de mai de 2009

Corrigindo a aparência

No texto "Onde estive? Onde estão?" cometi um erro terrível (mais um para o meu histórico): generalizei o que não deve ser generalizado. E com isso acabei incomodando algumas pessoas.

Ainda posso me lembrar do ano de 2008 com muito carinho, agradecendo a Deus por ter conhecido algumas pessoas que me fizeram crescer de maneira indescritível.

Infelizmente, por culpa geográfica (ou não), essas pessoas não estão mais presentes no meu dia-a-dia, mas estão vivas nas minhas lembranças.

Não consigo tirar nenhuma palavra do meu sofrido discurso anterior, e não atribuo minhas mágoas a uma pessoa somente. Foi/é um conglomerado de fatos e circunstâncias que me fazem desabafar dessa forma.

Mas em meio a todo esse furdunço, só consigo ter uma coisa em mente: O SENHOR É BOM E A SUA MISSERICÓRDIA DURA PARA SEMPRE. Samos 107:1

Tomei um tombo feio. Vivi escondida atrás de várias máscaras, mas estou me levantando para aquilo que Deus tem me chamado!

Extendo o meu muito obrigada do texto anterior à algumas pessoas que conheci em 2008 e muito somaram em minha vida (apesar de estarem incluídas no grupo dos que infelizmente não são mais presentes no meu dia-a-dia): Fabiano, Thais, Denise, Ester, Damares, Cláudio e Paula e tantos outros que não preciso escrever, mas sabem que fazem parte das minhas boas lembranças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me deixe feliz, comente!