Espaços

5 de jul de 2010

Saudade....

Eita coisinha que dói no peito. Coração fica pequeno, apertado. Não sei se vou ou se fico, se deito ou levanto. Só sei que nada que eu possa fazer vai tirar de mim essa sensação medonha de que falta alguma coisa. Mas o que? Tá, eu já sei. Falta aquele telefonema a tarde, o abraço gostoso, as palavras de incentivo (e as broncas, não posso esquecer as broncas). Um amigo tão ligeiro e tão intenso. Alguém já ouviu falar em AMOR A PRIMEIRA VISTA? Foi isso mesmo que tivemos. É difícil entender o porque das coisas, ou melhor, a velocidade das coisas. Te conheci em um mês, (eu de Belo Horizonte, você de Florianópolis) e no outro estávamos morando na mesma cidade. Sul e sudeste dentro de um mesmo coração. Amizade sem interesse, sem mácula, sem homem ou mulher, amor! Saudade..... E o pior é saber que essa saudade não dá pra matar. Ela só cresce! Há 26 anos você nasceu, há 4 foi recolhido por Deus e para sempre vou levar comigo seu sorriso, suas brincadeiras e nossas músicas. Seu dedos desengonçados tentando acertas as cordas do meu violão, meu desespero em fazer bartucada na sua bateria... Como foram dias bons! No céu, meu amigo, quero me encontrar com você e te abraçar mais uma vez!

Aos 21 anos de idade João Luiz bateu seu veiculo no trevo da barra da lagoa na tarde do dia 13/04/2006. Após ser operado permaneceu no centro cirúrgico esperando uma vaga na UTI. Por volta das 21:30 do dia seguinte o coração de João Luiz parou e o jovem mais sorridente que já conheci teve morte cerebral! Cerca de 5 minutos depois João voltou a ter atividades cerebrais. Os médicos não conseguiram explicar o motivo da sua "ressurreição". Mostrou-se forte, mas por volta 23:25 de sexta Deus o levou e João Luiz Juvencilio Souto, ou John, morreu.

Um comentário:

  1. Nossa nem sei como que eu vim parar aqui , mas , não posso deixar de falar desta pessoa tão especial que foi e continua sendo, o João.

    Bom o que eu tenho a dizer é que ele me faz muitaaaa faltaa , e não um dia sequer que eu não pense nele, que não pense como seria se ele ainda estivesse aqui.

    meu irmão mais velho , meu melhor amigo , e meu refencial...

    tive a honra de viver quase 18 anos ao lado dele, e só guardo boas lembrançass..

    To esperando anciosamente a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo, para podermos nos reecontrar e adorarmos o nosso maravilhoso Deus juntos , como faziamos todos os finais de semana.

    Te amo muito manooo, voce faz muita falta para nossa familia.


    Ass: Rodrigo de Souto

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!