Espaços

13 de abr de 2010

O que mais falta acontecer?

O que mais vamos esperar acontecer para perceber que Jesus está voltando?


ESTRELA DA MÚSICA CRISTÃ ANUNCIA QUE É LÉSBICA


Jennifer Knapp não apenas está lançando um novo álbum como está "saindo do armário", um termo que a cantora e compositora indicada ao Grammy considera "muito bizarro" neste momento em que ela relança sua carreira musical, com certo nervosismo.

A cantora de 36 anos, natural do Kansas e que saía com homens em sua época de faculdade, está preparada para uma reação negativa por parte de fãs religiosos que, ao longo dos anos, sempre fizeram questão de desmentir rumores sobre sua sexualidade. Por outro lado, disse ela em entrevista recente à Reuters, "ando ganhando muito mais piscadelas de garotas (em seus concertos) do que no passado!".

Como artista para o grande público que quer promover-se no nicho de álbuns adultos alternativos - ao lado de gente como o U2 e a também lésbica Melissa Etheridge -, foi sugerido a Knapp que, depois de "renascer em Cristo", ela tenha renascido mais uma vez.

Durante o período que passou longe dos holofotes, Knapp passou por uma espécie de crise da meia-idade precoce que a levou a reavaliar sua fé, sua sexualidade e seu trabalho. Fazer música era a última de suas preocupações.

Antes de conhecer sua namorada, nos Estados Unidos, ela foi celibatária durante dez anos. Knapp disse que isso condiz com a expectativa geral em relação aos membros não casados da comunidade evangélica.

Embora diga que ainda respeita as pessoas que se abstêm do sexo não conjugal, ela brincou: "Qualquer pessoa que tenha passado uma década celibatária tem 'perdedor completo' estampado em suas costas".

Embora seja inevitável que os fãs estudem as canções em busca de pistas sobre sua nova vida amorosa, Knapp disse que nunca compõe canções sobre pessoas específicas. Mesmo assim, ela fala com franqueza no primeiro verso da faixa "Inside": "Sei que vão me enterrar antes de ouvirem a história inteira".

"Espero que essa contestação seja vista como humildade", ela explicou. "Se existe alguma frustração, é por tentar romper com cortesia o jugo de ter que ser algo que não consigo, dizendo com toda humildade: 'Por favor sejam gentis comigo quando descobrirem a verdade'. É tudo o que você pode fazer."

Para ler a matéria completa, clique aqui.


"Quem tem ouvidos pra ouvir, ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 2:29

3 comentários:

  1. Ô povinho hipócrita.

    ResponderExcluir
  2. O anonimato é hipócrita! Revela insegurança, dúvida e falta de caráter. No anonimato as maiores atrocidades são cometidas...

    ResponderExcluir
  3. São os ultimos dias, acreditem quem quizer... "E no final dos dias o amor de muitos CONGELARÃO..."

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!