Espaços

29 de out de 2011

Risadas!


Sou preguiçosa e seca, fala sério!!!


HAUSAUKEUAGJHTEIJOFOIODEIOJKDFVADIA !! (Só pra variar!!!)

24 de out de 2011

Pais...


Tirando o fato de ser um prop. do Itaú, o texto é lindo!

Quando nos tornamos papai e mamãe, queremos privar nossa cria de todo o mal, segura-los forte nos braços, apertá-los até que nada nem ninguém possa tirá-los de nós.

Mas, nada do que possamos fazer pode protege-los de tudo e todas.

É, meu amigo, essa é a dura verdade que nós, pais, temos que aceitar, mesmo que não entendamos. Nossos filhos não serão nossos bebês para sempre. Eles irão crescer, amar, se decepcionar, chorar, rir loucamente de coisas insanas, fazer palhaçadas com os amigos e brigar com eles de vez em quando. Não poderemos impedir que eles façam bobagens, mas podemos estar sempre prontos a socorre-los, até quando erram.

E eles vão errar.

E eles vão chorar.

E eles vão querer que estejamos bem longe para que não possamos vê-los com os olhos cheios de lágrimas.

Mas não iremos a lugar nenhum. Sempre estaremos lá, junto deles, quando e onde eles menos esperam. Sempre estaremos lá.

Depois que nos tornamos papai e mamãe, a única coisa que queremos é que nossos filhos sejam felizes como nos fazem felizes. Que encontrem alguém para sorrir assim como nós sorrimos com eles.

Dizem que ser pai e mãe é "padecer no paraíso", mas a verdade é que só conheço o paraíso. Não faço idéia do padecer. Até quando estou uma noite ou outra sem dormir, é um prazer indescritível poder segurar "meu presente" nos braços!

"A vingança nunca solucionou problemas. Somente abre novas feridas e causa novas tristezas."

Hugo Schlesinger

More Marketing!


Depois de dias tão cansativos, a certeza de ter estado com as pessoas certas dá o descanso que precisamos.

Muitas risadas, trabalho, apertos, raivas, mas no fim, tudo certo!!!!



Popoli, deu trabalho, mas a gente se divertiu, né?!

19 de out de 2011

O importante é NUNCA parar!

"Minha expectativa, tantas vezes ansiosa, de que as coisas sejam diferentes, dá lugar à certeza tranqüila de que, naquele momento, tudo está onde pode estar. Em vez de sofrer pelas modificações que ainda não consigo, eu me sinto grata pelas mudanças que já realizei. E relaxo. "

(Ana Jacomo)

Hum...

Sei que sou muito dengosa
Sei que sou manhosa
Sei que sou assim
Gosto muito de carinho
Fique bem pertinho
Vem cuidar de mim

Eu sou muito perfumada
Eu sou delicada
Olhe bem pra mim
Corro pela casa inteira
Adoro brincadeira
Sempre fui assim

Quando você
Me pega nos braços
Eu me arrepio
Com teus abraços
Eu sou a gata
Faço miau
Dizendo "eu te amo"
Do meu jeito animal
Miau, miau...

A Gata - Marco Camargo/ R. Borin/ Luca Salvia

18 de out de 2011

#Fato

Acredite nisso. Não importa o quanto você sofre ou sofreu. Não importa quantas pessoas te fizeram sofrer. Deus sempre terá uma segunda chance para que você possa ser plenamente feliz!

10 de out de 2011

Antes de ser mãe...

Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes.
Eu não tinha roupas manchadas e conseguia manter calmas conversas ao telefone.

Antes de ser mãe eu dormia o quanto queria e não me preocupava com a hora de chegar em casa.
Eu não me esquecia de tarefas simples como pentear os cabelos e escovar os dentes.

Eu limpava a casa todos os dias e não tropeçava em brinquedos nem cantarolava canções de ninar o dia inteiro.

Imunização e detetização eram coisas apenas de áreas hospitalares e calendário de vacina era propaganda na TV.

Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em mim;
Nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos e unhas finas, acreditando que era carinho.

Eu tinha controle sobre minha mente, meus pensamentos, meu corpo e sentimentos.

Antes de ser mãe eu dormia a noite toda e não acordava de 10 em 10 minutos apenas para saber se estava tudo bem.

Antes de ser mãe eu nunca tive de segurar firme uma criança gritando, aos prantos, para que os médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.
Nunca tive que ser "Mulher Maravilha" para fingir que estava tudo bem, ouvindo os médicos dizerem qual a doencinha que atacara meu bebê.
Antes de ser mãe eu não ia ao consultório médico todo mês e PEDIATRA era apenas uma profissão, não compromisso.

Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam.
Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha.
Eu nunca fiquei sentada por horas olhando um bebê dormindo.

Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só por não querer afasta-la do meu corpo.
Eu nunca senti meu coração se despedaçar só porque não pude estancar uma dor.

Nunca imaginei que uma coisinha tão pequena pudesse mudar minha vida.

Eu não sabia que adoraria ser mãe.

Eu não conhecia a sensação de ter o coração fora do corpo.
Não imaginava que uma criança tivesse o poder de me fazer sentir a pessoa mais importante.

Antes de ser mãe eu não sabia que era capaz de ser alguém tão forte.

2 de out de 2011

Tudo passa... Então busque o que é eterno!


"O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus." 1 Pedro 3:3,4
1 Pedro 3:3-4

1 de out de 2011


"A felicidade mantêm você doce;
Dores mantêm você humano;
Quedas te mantêm humilde;
Provações te mantêm forte;
Mas, somente Deus te mantêm prosseguindo!
"