Espaços

28 de jun de 2011

Felicidade! - Momento ou constância

Sábado, dia 25 deste mês, comemoramos o aniversário da minha tia e minha mãe em uma casa noturna. Festa regada a muito samba e diversão! Foi ótimo. Era um lugar alegre, descontraído, cheio de gente bonita, de jeito charmoso. Não tinha como ser melhor. A família reunida, amigos e pessoas queridas, além daquele monte de estranhos bacanas que encontramos em lugares assim. Tinha tudo pra ser uma noite normal e cheia de alegria, não fosse minha mania de reparar e pensar: tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?

Tanta gente alegre, rodando no salão de um lado para outro. Fazendo a mente nos levar às gafieiras tradicionais do Rio de Janeiro. Dançarinos de escolas esnobavam no salão enquanto amadores se divertiam a beça sem nenhuma vergonha, não devendo nada aos "profissionais". O importante era o sorriso no rosto e o samba no pé. Dois pra lá, dois pra cá, saltos, piruetas, balanço de cabeça e de cintura. Tudo em perfeita harmonia. Mas... tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?

É fácil colocar um sorriso nos lábios. Mas, mentir um coração alegre? Creio que isso é um tanto quanto mais difícil, não é mesmo? Em uma era onde a depressão é chamada de "doença do século", como é possível sair em uma noite qualquer e encontrar apenas pessoas alegres, sorridentes e satisfeitas. Tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?

Você já ouviu alguém dizer que "vale tudo pra ser feliz"? Será que o dono dessa frase foi feliz? Será que ele conseguiu se satisfazer por uma vida? Sinceramente, penso que ao colocar a cabeça no travesseiro, o que vinham não eram risos e abraços, mas sim a solidão de ter um momento e não uma vida constante de alegria. Tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?

O que mais encontramos são pessoas alegres com seus empregos, estudos, namorados, esbanjando amor nos relacionamentos (sejam amorosos, familiares ou amistosos). Tá todo mundo feliz, né?! Tá todo mundo numa boa. A mocinha namora o rapaz e tá rindo à toa. A mulher compra seu miléssimo par de sapatos e tá rindo à toa. O bonitinho beija sua décima boca e tá rindo à toa. A senhora assina sua septuagésima revista de futilidade e tá rindo à toa. Onde está a felicidade real dessa história toda? Tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?

A verdadeira felicidade está em nós mesmos e nos é dada pelo Criador. A verdadeira felicidade não depende de namoro, dinheiro, festas e bebidas. Ela está em Deus, o único capaz de nos preencher de verdade, cada pedacinho da nossa alma.

Se você é capaz de rir a noite toda, ter beijos intermináveis, noites mágicas e ao deitar na sua cama, sozinho, você fecha os olhos e o coração aperta, então você não é feliz. Você vive apenas de momentos. Mas esse não é o seu fim, é apenas o seu começo. É só deixar que a verdadeira alegria invada sua vida e, aí sim, sorrir sem parar!

2 comentários:

  1. Oi Ana!!
    Tudo bem? tô passando aki pra te parabenizar pelo blog viu!!
    A convite, entrei hoje, pude ler um pouquinho e me encantei com seus textos, principalmente com aquele sobre felicidade!!
    Tá tudo bem, de verdade, com essa gente toda?
    Grande verdade,por experiencia pessoal, posso dizer q experimentamos tantas coisas, muitas vezes nos afastamos do Criador pra ver o outro lado das coisas... por um momento nos sentimos livres,"felizes" e donos de nossos próprios atos!
    Engano,
    todo momento sem a sem intimidade com Deus, é apenas um momento, seguido depois de um enorme vazio e arrependimento!!
    Intimidade com Ele nos trás verdadeira alegria, ainda que em circunstancias dificeis!!
    Parabéns...Pde ter certeza que sempre vou dar uma passada no seu Blog,
    e que ele possa edificar vidas!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, a mais pura vdd1

    qtas pessoas eu conheço que eram firmes com deus e agora vivem de "bar em bar, de mesa em mesa", só querem saber de farra e no fundo no fundo são vazias como violão. Ocas. Namora pra não ficar sozinha, bebe pra ser aceita, faz coisas só pra "ser legal". É realemnte fácil ser feliz pros outros, mas é muto dificl ser feliz de vdd se não aceitamos o amor de deus em nossa vida

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!