Espaços

27 de nov de 2010

♥ Feliz Aniversário ♥


Brindo a casa

Brindo a vida
Meus amores
Minha família

Quero mais é ser feliz na certeza de que até aqui fiz o que tinha pra fazer, e ainda falta muita coisa para acontecer.
Rir de mim, de você e da vida;
Mais um ano de alegria, na certeza de poder contar com aqueles que amo ao meu lado!!!
Hoje é meu aniversário
Corpo cheio de esperança
Uma eterna criança, meu bem!!

O tempo passa rápido, e com ele vem a experiência e a maturidade. Nesse mais um ano, cheio de planos e expectativas, o que desejo é sabedoria e paz, na certeza que Deus está no controle de todas as coisas.
Obrigada pela música, Du!

22 de nov de 2010

"Hoje eu acordei feliz......"



Essa foto já tem mais de 2 anos...

Nem pensava em me apaixonar, ele diz que já era "louco" por mim. Será?! [tomara]

Hoje posso dizer que, dois anos se passaram e sou muito mais feliz que antes!

9 de nov de 2010

Não banalize o amor



Já viu a facilidade que as pessoas tem de amar sem confiar, sem querer e, às vezes, sem amar?

Fulano vai pra "balada", conhece uma gata, dá uns pegas e esses pegas ficam quentes... Ufa! Começam a namorar. Na segunda semana de namoro, a garotinha apaixonada, em uma noite bonita diz: EU TE AMOOOOOOOOOOOOO (na internet podemos colocar quantas letras a imaginação mandar, eba!).

Algum tempo depois acontece uma briga, ela diz que tá cansada daquilo, que quer um tempo, que não confia nele, que as amizades dele são péssimas e ela se sente traída, que as coisas não são bem assim, que está tudo diferente demais...

OPS!

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." 1 Coríntios 13: 4-7

Diante dessas linhas acima, me convenço de que o "amor" que conhecemos hoje nem de longe é o amor que realmente há. Insegurança, desconfiança, medo, incerteza, raiva, ciúmes, possessão, isso não é amor. Beijos ardentes, noites maravilhosas, boas festas, risadas, passeios bacanas, ISSO TAMBÉM NÃO É AMOR.

Amor não é um sentimento descritível, nem mesmo creio ser ele um sentimento. Também nãos e resume a bons momentos de prazer a alegria. Você não sente amor, você demonstra amor. Você pode falar para alguém "eu te amo" e na verdade sentir-se apaixonada, o que não é amor. Ao contrário do que disse Camões: "O amor é fogo que arde sem se ver".

Arde sem se ver? Isso é paixão! Paixão é fogo, é avassalador. Paixão é estado de espírito mutável. De uma paixão PODE nascer um amor, mas essa não é a regra.

Quando você ama alguém, você demontra, não apenas conta. Você leva flores, sem que ela tenha que pedir; assiste àquele filme "água-com-açucar" só pra estar na companhia dela, e ainda comenta as partes que mais te chamaram atenção; vai àquele jogo de futebol só para vê-lo torcer; junta-se aos amigos dele em uma tarde de calor para falar sobre música só pela graça de poder acompanhá-lo. Não fala mal de quem ele ama, mas respeita as amizades dele, da mesma forma, ele respeita as suas.

O amor se doa pelo outro, e não cobra retorno. Faz por espontaneidade e não espera recompensa.

O amor não se limita ao prazer, nem mesmo a dor, mas se fortalece na alegria de ver quem se ama feliz.

3 de nov de 2010

Por que ir a igreja?

Passei uns tempos sem uma igreja pra chamar de minha casa. Isso aconteceu logo depois que comecei a namorar o Marcelo, hoje, meu marido.

Não fiquei "sem igreja" por ter me desviado dos caminhos do Senhor ou qualquer motivo do gênero. Pelo contrário. Estávamos em uma fase onde só queríamos acertar. Depois de muitos tempo "dando murro em ponta de faca", finalmente queríamos colocar nossas vidas na presença do Senhor, sem mentiras, máculas ou hipocrisia. Mas não estávamos a vontade na igreja que frenquentávamos e isso começou a nos afastar. Começamos a olhar para homens ao invés de olhar para Deus.

Foi aí que saímos de onde estávamos e ficamos, bons tempos, sem um lugar para chamar de "nossa casa". Isso nos fez mal, pois estávamos sozinhos, sem ter quem nos pudesse aconselhar, acompanhar, xingar e sorrir conosco.

Após um longo tempo sozinhos, re-encontramos um pessoal disposto a amar. Cheios de defeitos, falhas, até pecados, mas que estão prontos a ouvir, falar e caminhar junto. Resultado: voltamos a frequentar uma igreja.

Porque estou contando isso? Bem, ouvi alguém dizer que "não importa se estou ou não em uma igreja todos os domingo, Deus olha é o meu coração". Bem, isso é verdade, mas estar em algum lugar é importe, inclusive no ponto de vista de Deus.

A Bíblia nos diz em Salmos 133:1-3 "Ó quão bom e agradável viverem juntos os irmãos. É como óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre." Fica claro que não devemos caminhar sozinho, certo? É importante que estejamos unidos a pessoas que se mportem com nossa vida e nossas necessidades.

Analisando, hoje, tudo que nos aconteceu, enxergo a igreja como um grande posto de gasolina. Caminhamos pra lá e pra cá, viramos várias vezes, com isso nossa energia vao se esgotando, vamos perdendo o ânimo e esmorecendo. Quando chegamos na igreja, carregamos nossa energia, aprendemos sobre as boas novas do Senhor e estamos prontos para mais uma jornada.

Quando estávamos sem um lugar para ir, ficamos fracos e até o nosso relacionamento já estava desgastado. Chegamos a pensar no fim por várias vezes. Por mais que tivéssemos amigos com quem estávamos quase todas as semanas, precisávamos de alimento para nossa alma, abraços e também uma palavra do Senhor. E isso temos na igreja, e por isso é tão importante manternos relacionamento dentro e fora dela.

"Melhor é serem dois do que um. Pois se caírem, um levantará o seu companheiro. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquecerão" Eclesiastes 4:9-11

Outro ponto fundamental da importância da igreja é saber que jamais estaremos sozinhos. Até mesmo animais selvagens sabem que andar em bando é mais seguro, pois terão mais força para resistir ao ataque de um predador. Assim como na selva, também precisamos estar unidos para resistir aos maus tempos e às tentações. Quando estamos em uma comunidade disposta a nos defender, fica difícil ser derrotado!