Espaços

2 de set de 2010

Almas Pefumadas

Tive um surpresa super gostosa ao acessar meu email e ler o este texto do Drummond, que me foi mandado por uma pessoa querida que disse ter lembrado de mim ao le-lo!

Realmente lindo. Muito obrigada, Bú! =)


Tem gente que tem cheiro
de passarinho quando canta.
De sol quando acorda.
De flor quando ri.
Ao lado delas, a gente se sente
no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande,
sem relógio e sem agenda.
Ao lado delas, a gente se sente
comendo pipoca na praça.
Lambuzando o queixo de sorvete.
Melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara
que ela tem de verdade,
mas que a gente desaprende de ver.
Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
De banho de mar quando a água é quente
e o céu é azul.
Ao lado delas, a gente sabe
que os anjos existem
e que alguns são invisíveis....


Carlos Drummond de Andrade

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Vc é uma pessoa especial e eu é que lhe sou grata por seu ombro sempre amigo e suas palavras de sabedoria a me ajudar.

    Mto obrigada

    ResponderExcluir

Me deixe feliz, comente!